Que a gente continue a ter vontade, verdade, saudade. Que a gente continue a lutar, amar, se entregar. Que a gente aprenda a não desistir, enfraquecer e se queixar. Que a gente perceba que a poesia embeleza a vida, a alma e os olhos. Que a gente embale os versos, as frases e os sonhos.
Clarissa Corrêa.  (via cartas-rasgadas)
Desejo que o seu melhor sorriso, esse aí tão lindo, aconteça incontáveis vezes pelo caminho. Que cada um deles crie mais espaço em você. Que cada um deles cure um pouco mais o que ainda lhe dói. Que cada um deles cante uma luz que, mesmo que ninguém perceba, amacie um bocadinho as durezas do mundo.
Ana Jácomo. (via condutivo)